Posts Tagged ‘mozilla’

A importância de condensar pastas no Thunderbird

O que é Compactar pastas?

Compactar pasta serve para efetivamente remover as mensagens que eventualmente você achou que as apagou na referida pasta. Quando você apaga uma mensagem numa pasta, a mensagem é oculta e marcada para remoção; ou seja, ela somente será removida quando você compactar a pasta.

E se eu não usar isso? O que pode acontecer?

O risco de não utilizar essa função periodicamente é que as pastas poderão crescer tanto a ponto de gerar lentidão ao Thunderbird. Um risco maior ainda seria a perda total do conteúdo das pastas e subpastas.

Por que nunca ouvi falar disso?

Muitos programas de email o fazem de forma automática e transparente para o usuário, compactando-as após uma certa quantia de espaço está sendo desperdiçado.

 

Há alguma forma de automatizar esta função?

Sim, por padrão o Thunderbird vem com esta opção desabilitada. Para habilitá-la, você deve:

  1. Acessar o menu Ferramentas->Opções->Avançado->Rede e Espaço Livre;
  2. Marcar a opção “Condensar pastas se puder liberar pelo menos 100 KB;
  3. Clicar em Fechar;

 

Fonte: http://kb.mozillazine.org/Compacting_folders

Como migrar as senhas do Thunderbird2 para o Thundebird3 no Linux

Caso você possua o Thunderbird 2 no Ubuntu e decidiu atualizar para a versão 10 do Ubuntu, provavelmente a nova versão do Thunderbird (3) irá relatar falha na autenticação das senhas dos e-mails.

Solução

1- Apague o arquivo signons.sqlite existente no seu profile do thunderbird.

2- Verifique se o arquivo signons.txt está presente no seu profile. Este arquivo é onde constam as senhas previamente existentes e usadas no Thunderbird 2.

3- Inicie o Thunderbird 3 e ele se encarregará de recriar o banco (importando-o do arquivo signons.txt).

Fonte (Inglês): http://www.ubuntugeek.com/how-to-install-thunderbird-3-in-ubuntu-9-109-048-108-04.html

Microsoft lança atualização para Windows sobre certificados revogados

A partir de hoje a Microsoft está distribuindo por meio do seu serviço Windows Update, uma lista de 9 certificados digitais fraudulentos assinados pela Comodo, uma autoridade de certificação digital presente na raiz de autoridades certificadoras confiáveis que atinge todas as versões suportadas do Microsoft Windows. A própria Como advertiu a Microsoft em março sobre a assinatura desses certificados por terceiros sem a validação de identificação suficiente . Ela adverte que esses certificados podem ser usados para conteúdo similar, efetuar ataques phishing ouefetuar ataques sobre os usuários do navegador Internet Explorer. Segue abaixo a relação dos endereços afetados:

  • login.live.com
  • mail.google.com
  • www.google.com
  • login.yahoo.com (3 certificados)
  • login.skype.com
  • addons.mozilla.org
  • “Global Trustee”

A Comodo revogou estes certificados e os adicionou à lista de certificados revogados de sua empresa. Navegadores que utilizam-se doOCSP (Online Certificate Status Protocol) irão interagir e tentar validar esses certificados; bloqueando-os de serem usados.

 

A atualização afeta todas as versões do Windows, inclusive XP, Vista, Windows 7, Windows Server 2003 e Windows Server 2008.

Fonte: http://www.microsoft.com/technet/security/advisory/2524375.mspx

Extensões úteis para o Firefox

Ad-Block Plus: bloqueador de Ads, propagandas, iframe e frames indesejados. Há diversas inscrições de filtros disponíveis para inscrição e uso desta extensão.

FlashBlock: bloqueia a execução automática de conteúdo multimídia usado pelo Adobe Flash;

DownThemAll! (DTA): Gerenciador de downloads em massa;

Flashgot: Ferramenta para auxiliar os downloads simples e em massa, porém com opções de integração com o seu gerenciador de download favorito. Há uma opção que permite contruir uma Galeria com os links fornecidos, imagine possuir uma página estática com diversas URLs, montá-las e exibi-las ao mesmo tempo?

NoScript: Oferece proteção extra ao seu navegador, bloqueando automaticamente a execução de qualquer script desconhecido e que você não o tenha autorizado previamente. Oferece opção de criação de lista branca, além de oferecer proteções contra vulnerabilidades de segurança, como xss, etc.